SENAI

Educação, Inovação e Tecnologia

Palmas, 20 de agosto de 2017 20:02

 

Notícia

Parceria SENAI: Escola de Araguaína investe em curso de panificação para reduzir a distorção idade/série

14/12/2016 - 15h19
 
 

Com o desafio de ajudar os alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, que estavam com dificuldades de aprendizagem e distorção idade/série, a equipe pedagógica do Colégio Estadual Campos Brasil, de Araguaína, optou por oferecer um curso, por meio do qual, os estudantes pudessem aprender a fazer algo para melhorar a sua qualidade de vida. E assim, ofereceram o Curso de Panificação.


A escola firmou uma parceira com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que montou na instituição um laboratório de panificação. Foram selecionados 32 alunos tendo como critérios a condição social e o fator distorção idade/série. O curso tem duração de 20 horas e as aulas encerram nesta sextafeira, 16.


A diretora Eliane Pereira de Oliveira Nunes, disse que estava muito feliz por ter conseguido transformar uma simples ideia numa ação tão significativa como apontam os resultados. “O fato do Senai ter montado um laboratório na nossa escola facilitou muito o trabalho dos professores. Por exemplo, o professor de Química, aproveitou para discutir em sala de aula, a fermentação e seus elementos químicos. E com isso, percebemos que houve uma melhora significativa no interesse dos alunos por querer aprender os conteúdos ministrados em sala de aula”, frisou Eliane. 


Outro ponto importante descrito pela estudante Cristiane Viana Silva Santos, 17 anos, é a oportunidade de aprender a fazer algo que lhe dê rentabilidade. “Aprendemos a fabricar um produto que poderemos fazer em casa e vender nas lojas comerciais da cidade, ou fazer os pães para saborear com a família. Por isso, esse curso nos está proporcionando uma ótima oportunidade”, disse. Cristiane contou que aprendeu a manusear os equipamentos, saber a quantidade certa de ingredientes para a produção dos pães, a moldar a massa e conhecer o tempo certo para assar.


O estudante João Vitor Gonçalo, 16 anos, ressaltou que agora ficou mais fácil elaborar o seu currículo, terá um curso prático para apresentar. “Podemos conseguir empregos em panificadoras, em supermercados ou pizzarias e lanchonetes. Esse curso trouxe muitos benefícios para nós”, frisou.


A tutora Raquel Pereira de Almeida, do Senai, esclareceu que está sendo uma experiência nova, trabalhar numa escola, com jovens. “Lá no Senai, participava do curso um público formado mais por idosos. Trabalhar com os jovens teve uma dinâmica diferente, eles têm um ritmo de aprendizagem mais acelerado”, comentou Raquel.


“A nossa proposta é que os jovens não aprendam apenas a fazer pães, mas que sejam empreendedores, que eles possam vender seus produtos no comércio local e com isso promover a geração de emprego e renda na comunidade”, enfatizou Eliane.
 

Curso 

A iniciativa faz parte das ações do Programa Mais Educação. No curso, os alunos aprendem a produzir pães caseiros, pão doce, massa para pizza, bolachas e outros produtos similares. Os alunos também estudaram sobre nutrição, regras de higiene durante a manipulação de alimentos e segurança alimentar.

 

 


 
 
 
104 Sul, Rua SE 03 Lote 34 A, Ed. Armando Monteiro Neto - Plano Diretor Sul, Palmas - TO CEP: 77.020-016 Tel.: +55 63 3229-5700